sábado, 7 de dezembro de 2013

FINALMENTE!!!! YEIIIIII:)

Finalmente tenho o meu tecladinho para o minpatinhas.
Apesar de por vezes me apetecer atirar com o minipatas ao chão eu gosto muito dele e não me arrependo nem um segundo de o ter comprado a prestações que demoram três anos a pagar.
e como já todos (ou quase todos) sabemos, o minipatas vem munido com um tecllado virtual ou on screen que enfim quer dizer a mesma coisa, só que para escrever usando o teclado virtual, eu tenho que usar um caneta stilus pen que é tipo uma caneta digital ou caneta virtual, enfim é uma merda qualquer. é um tubo com uma borracha ou pincel na ponta em vez de o bico de uma caneta,

e tenho estar a segurar o minipatas com uma mão enquanto que com com a outra escrevo e isso não me dá lá grande jeito, há uns tempos atrás comprei um tecladito bluetooth ( dente azul eheheh)
e aquela coisa funcionou durante um dia ou dois mas depois começou a empancar, eu como sou de pavio curto, não fui de modas e atirei com o raio do tecladito contra o chão com tanta mmeiguice que ele se fez todo em fanicos.
não há muito tempo atrás vi num dos supermercados onde costumo ir babar-me para ala dos gadgets, uma malinha compacta para o minipatas coom um tecladito emmbtido mas o preço...Ui ui, olhei com desdém (tá bem tá; cheia de pena!) e disse-me a mim mesma, "opá, tu não precisas dessa merda para nada pá" e fui-me embora com um ar muito digno.
Hoje, fui ao mesmo supermercado, e fui logo imediatamente babar-me para a ala dos gadgets, andava eu ali a babar-me toda a olhar para toda aquela gadgetaria quando o meu olho matreiro cappta uma visão celestial do paraíso dos gadgets! as malinhas com os tecladitos assiim num montinho de três e com um bué reduzido, de 75 estavam a 45, e claro que ainda assim era caro para a minha bolsa desnutrida, mas eu não quis nem saber!!! Comprei aquela merda!! e é com ela que estou a escrever este blog da treta! o único contra, por enquanto, é que eu devo ter dedos muito gordos (nem por isso trôpegos talvez) e estou quase sempre a duplicar os caracteres
E pronto meus queridos e minhas queridas, por hoje é tudo,
para a semana há mais que eu agora vou ali venho já.

O que é que se passa comigo afinal!?!

Passa-se o que se passa com muito boa gente mas que sentem demasiada vergonha para sequer  admitirem tal possibilidade.
Esta manhã perdi a conta a quantas vezes tive de correr ao o WC para expelir as gosmas que me teimam em saltar da boca para fora e já que estou em maré de confissões, vamos lá falar do xixi e do cocó.
A minha  bexiga é a coisa mais hiperactiva que eu já alguma vez conheci e o pior mesmo é quando eu início qualquer actividade, seja a de começar a lavar a loiça ou a dobrar roupa, aspirar ou seja lá o que for, ela decide que precisa de se esvaziar, o que isso me deixa irritada! E os constrangimentos que sofri em quase todos os locais onde trabalhei... Sim porque este problema não começou agora que estou a entrar na terceira idade, ( não sei bem quando é que começa a terceira idade mas eu já passei o primeiro degrau da casa dos 50) eu tenho este problema desde bebé! Exercer actividades físicas tais como correr ou caminhar é quase impossível visto que a cada 15 minutos me da a vontade de fazer xixi, no trabalho evito de beber líquidos para não ter que andar sempre a correr para o WC, agora vamos aos intestinos, ah, os intestinos... Também têm vida própria e teimosia quanto baste, apesar de eu me considerar uma felizarda em comparação com algumas pessoas segundo os seus relatos. Não sofro de obstipação e nem sofro de diarréias crónicas, e é rarissimo ter cólicas intestinais, a primeira coisa que faço assim que me levanto da cama é ir ao WC despejar a bexiga e o intestino, a bexiga nós todos já sabemos que se precisa de esvaziar várias vezes ao dia ( e no meu caso é várias vezes ao dia e à noite) o intestino por norma é uma vez ou duas và; os meus intestinos decidiram que têm que ser diferentes! Porque assim que eu abro a porta de casa e até já vou a meio do corredor em direcção à saída do prédio, tenho que voltar em passo de corrida para trás porque suas excelências decidem fazer o seu protesto nesse mesmo instante!
Ora deixa-me lá partilhar com o mundo uma das minhas experiências cagueirais; _ como sempre tive excesso de peso ( Eu- ai credo, nem sei como sou tão gorda... não como quase nada...) o caraças é que não comes mula dum cabrão!! enfardas que nem uma mula quando te apanhas com comida que gostas à tua frente!!!!
Mas adiante no assunto cagueiral, como sou gorda (dizia lá mais acima) decidi começar a ir a pé para o trabalho, e decidi então ir pela borda do rio ou canal ou sei lá que merda é aquela que passa por detrás da minha casa (e ainda bem fonix) e lá ia eu toda contentinha da vida a fazer a minha caminhada logo pela matina de mochila às costas e tudo.
Ora já eu tinha caminhado uns bons kilometros quando as minhas tripas se puseram todas à bulha umas com as outras, (deviam estar a discutir quem é seria a tripa chefe) eu toca de acelerar os presuntos, mas o raio das tripas que não paravam de guerrear! olhem, a discussão chegou ao buraco do cu que se irritou todo e resolveu correr com a merda toda para fora dos intestinos (talvez por  achar que era ela a culpada de tanta algazarra, ok fiz todo este testamento para dizer que me caguei todo no meio do caminho.
E pronto meus queridos e minhas queridas, por hoje é tudo, fiquem bem e até para a semana que eu vou ali e venho já.

Feto encontrado num cano de esgoto no Pinhal Novo...Oh que coisa pá

olha que cena pá como se não tivessem havido mais caso idênticos, quantas e quantas mulheres jovens, menos jovens, demasiado jovens que descartaram "fetos" , recém nascidos indesejados não só no Pinhal Novo mas como pelo resto de Portugal e do mundo escrevo isto por causa dos comentários que li em algumas redes sociais feitas por moradores de Pinhal Novo

sábado, 5 de outubro de 2013

A carta ( e a sua tradução)

Esta imagem é de uma carta que uma suposta mulher escreveu a uma senhora com um neto autista a tradução da carta encontra-se por debaixo da imagem em forma de legenda.


tradução

Para a senhora que vive nesta morada:

Eu também vivo neste bairro e tenho um problema!!!!!

você tem um miúdo que é deficiente mental e você decidiu que era uma boa ideia viver neste bairro????? você muito egoisticamente deixa o seu miúdo no exterior todos os dias e deixa-o ser nada mais do que um aborrecimento e um problema para todas as pessoas com aquele barulho horrível e poluente que são os uivos incessantes que ele faz constantemente e aterroriza os meus filhos que são normais quando achar que o seu neto precisa de ar fresco leve-o para o bosque!!!!  para ele fazer barulho!!!!! não o traga para os nossos parques ou jardins bebés a chorar, cães a ladrar e até música, são  sons normais na nossa vizinhança!!! ELE NÃO É!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Ele é um pesadelo para toda a vizinhança e vai ser sempre assim!!!

Quem diabos é que vai cuidar dele?????????????? nenhum empregador o vai querer empregar, nenhuma rapariga normal  irá querer namorar ou mesmo casar com ele e você não vai viver para sempre!! no meu entender, deveriam retirar quaisquer partes do corpo dele que não sejam retardadas e doa-las à ciência. Para que raios é que ele serve!!!!!!!!??? você tem um miúdo retardado o problema é seu!!!! e resolva o problema de uma vez por todas que direito tem você de incomodar pessoas que trabalham arduamente!!!!!!!!!!!!!!!!!! EU ODEIO  gente como você que acha  que lá porque têm um miúdo com necessidades especiais, têm direito a tratamento especial!!!!  DEUS!!!!!!!!!

faça a todos os moradores da nossa comunidade um enorme favor e VÁ-SE EMBORA DAQUI!!!! FORA DAQUI!!! TOCA A ANDAR!!!! desapareçam deste bairro e desta comunidade vão viver para o mato com esse animal desse miúdo!!! ninguém vos quer aqui, só que ninguém tem a coragem de vos dizer!!!!!

Faça a coisa certa e mude-se ou então mande-o matar provocando-lhe eutanásia!!!! seja qual for a forma  nós TODOS beneficiaremos  com o desaparecimento dele!!!!!

sinceramente,

Uma mãe Irritada!!!!!

 

domingo, 11 de agosto de 2013

Filme Francês

Nunca fui apreciadora de filmes franceses, devido à estranha conjuntura dos filmes começavam no fim e acabavam no meio por norma, dos poucos filmes que vi até ao dia de hoje foi sempre assim, com excepção dos filmes animados "Asterix e Obelix" de "Uderzo e gosciny" no entanto hoje vi um film franc~es que me agradou imenso  o titulo " un plan parfait" = um plano perfeito, com Diane Kruger e Danny Boon uma história bem construida embora com os tiques típicos do cinema Francês

Un plan parfait 2012 poster.jpg

Oferendas

Pobre imbecil.
Tal como um cão que se arrasta pelo chão para evitar ser maltratado pelo dono...
Assim faz o Kota Marikota, ofertando coisas aos que o gozam e humilham, diz ele para o velho; " tu limpas o que cago e ainda sorris com essa cara de otário" e assim baila o velho lambe botas

Domingo 11/08/2013

E pronto...

Hoje é Domingo e é também o ultimo dia que eu supostamente tenho para meter as coisas em ordem, ex; limpar e arrumar a casa no entanto já são 11h50 e eu estou aqui sentada em frente ao computador a olhar para o completo vazio em que a minha vida se tornou, ou se calhar sempre foi, porque eu não tenho ideia de alguma vez ter tido a minha vida preenchida com algo que me desse realmente satisfação ou que tinha atingido algum objectivo, pelo contrário eu tenho vindo ao longo dos anos a desleixar-me para mim e para o mundo de uma forma terrivelmente assustadora mas...Penso que não serei eu a única pessoa a ter esta sensação, eu tenho vindo a passar do ódio, da raiva, da tristeza ao quase total desinteresse em mim e naquilo que me rodeia eu preciso tanto de ajuda mas não sei a quem pedir ajuda e nem sequer me sei auto-ajudar porque sempre que tento o desânimo toma conta de mim de uma forma voraz e destruidora

sábado, 10 de agosto de 2013

cozinha e casa de banho remodeladas, 3 dias de ferias e...Nada

as obras começaram no dia 17 de Julho, deixaram-me a lista das coisas que iriam ser feitas e o numero de dias que iriam levar para concretizar as obras 15 dias e para cada dia existia uma actividade específica por baixo da lista deixaram uma observação
    Isto é apenas uma estimativa caso aja alguma alteração nós enviaremos-lhe uma carta  
ao fim de 3 dias reparo que as obras estão um dia adiantadas, e no 15º dia ao chegar a casa verifiquei que eles nem sequer lá tinham estado mas as obras estavam aparentemente terminadas, eu já tinha marcado os dias de ferias para ficar em casa e mudar as tralhas todas que eu tinha tirado da cozinha e da casa banho e voltar a meter tudo no lugar, na quarta feira no primeiro dia das minhas ferias telefonei para o responsável pela obras e perguntei-lhe pelas chaves da minha casa, ele veio fazer a vistoria e ainda faltavam uns mínimos acabamentos, nesse mesmo dia vieram o carpinteiro e o pintor e o electricista veio já na sexta feira, mas isso não invalidava que eu fizesse as minhas arrumações, no entanto passara-se os 3 dias e as coisas aqui em casa estão quase todas na mesma, e eu chego à conclusão que eu estou completamente desmotivada de fazer o que quer que seja nesta casa, eu odeio esta casa, o único sitio que está bonito nesta casa por enquanto é a cozinha mas eu não tenho qualquer afeição ou apego a esta casa eu odeio o facto de ter de subir escadas para ir para o quarto ou para ir tomar bano porque a casa tem dois pisos coisa que eu sempre odiei, eu odeio escadas nunca gostei de escadarias mas também não é isso, eu estou a tornar-me numa reclusa, eu afasto-me das pessoas da família eu tenho computadores e tenho Internet tenho facebook, tenho Skype e hoje tomei a decisão de desligar facebook e Skype só para não ter de falar com ninguém, eu tenho cá em casa 4 telemóveis e um telefone fixo o fixo está completamente desligado dos cabos e os telemóveis apenas os utilizo como despertadores, eu estou lentamente mas a passos gigantes a desligar-me do mundo eu preciso de ajuda mas não tenho e nem sei a quem pedir ajuda neste país e creio que mesmo, creio não, eu sei de certeza que em Portugal eu não teria qualquer tipo de ajuda ou apoio, sinto-me sem forças e sempre cansada sem gosto para nada excepto esta obsessão em passar horas e horas a ver programas do DR Phill um talk show americano, não sei se o faço para sentir um certo consolo em saber que existem pessoas mais estranhas do eu que neste mundo porque porra, é cada maluco/a que vai àquele talk show que eu até fico zonza.

domingo, 16 de junho de 2013

E quando se pensa que....