sábado, 7 de dezembro de 2013

O que é que se passa comigo afinal!?!

Passa-se o que se passa com muito boa gente mas que sentem demasiada vergonha para sequer  admitirem tal possibilidade.
Esta manhã perdi a conta a quantas vezes tive de correr ao o WC para expelir as gosmas que me teimam em saltar da boca para fora e já que estou em maré de confissões, vamos lá falar do xixi e do cocó.
A minha  bexiga é a coisa mais hiperactiva que eu já alguma vez conheci e o pior mesmo é quando eu início qualquer actividade, seja a de começar a lavar a loiça ou a dobrar roupa, aspirar ou seja lá o que for, ela decide que precisa de se esvaziar, o que isso me deixa irritada! E os constrangimentos que sofri em quase todos os locais onde trabalhei... Sim porque este problema não começou agora que estou a entrar na terceira idade, ( não sei bem quando é que começa a terceira idade mas eu já passei o primeiro degrau da casa dos 50) eu tenho este problema desde bebé! Exercer actividades físicas tais como correr ou caminhar é quase impossível visto que a cada 15 minutos me da a vontade de fazer xixi, no trabalho evito de beber líquidos para não ter que andar sempre a correr para o WC, agora vamos aos intestinos, ah, os intestinos... Também têm vida própria e teimosia quanto baste, apesar de eu me considerar uma felizarda em comparação com algumas pessoas segundo os seus relatos. Não sofro de obstipação e nem sofro de diarréias crónicas, e é rarissimo ter cólicas intestinais, a primeira coisa que faço assim que me levanto da cama é ir ao WC despejar a bexiga e o intestino, a bexiga nós todos já sabemos que se precisa de esvaziar várias vezes ao dia ( e no meu caso é várias vezes ao dia e à noite) o intestino por norma é uma vez ou duas và; os meus intestinos decidiram que têm que ser diferentes! Porque assim que eu abro a porta de casa e até já vou a meio do corredor em direcção à saída do prédio, tenho que voltar em passo de corrida para trás porque suas excelências decidem fazer o seu protesto nesse mesmo instante!
Ora deixa-me lá partilhar com o mundo uma das minhas experiências cagueirais; _ como sempre tive excesso de peso ( Eu- ai credo, nem sei como sou tão gorda... não como quase nada...) o caraças é que não comes mula dum cabrão!! enfardas que nem uma mula quando te apanhas com comida que gostas à tua frente!!!!
Mas adiante no assunto cagueiral, como sou gorda (dizia lá mais acima) decidi começar a ir a pé para o trabalho, e decidi então ir pela borda do rio ou canal ou sei lá que merda é aquela que passa por detrás da minha casa (e ainda bem fonix) e lá ia eu toda contentinha da vida a fazer a minha caminhada logo pela matina de mochila às costas e tudo.
Ora já eu tinha caminhado uns bons kilometros quando as minhas tripas se puseram todas à bulha umas com as outras, (deviam estar a discutir quem é seria a tripa chefe) eu toca de acelerar os presuntos, mas o raio das tripas que não paravam de guerrear! olhem, a discussão chegou ao buraco do cu que se irritou todo e resolveu correr com a merda toda para fora dos intestinos (talvez por  achar que era ela a culpada de tanta algazarra, ok fiz todo este testamento para dizer que me caguei todo no meio do caminho.
E pronto meus queridos e minhas queridas, por hoje é tudo, fiquem bem e até para a semana que eu vou ali e venho já.

Sem comentários:

Enviar um comentário